Avançar para o conteúdo principal

Os perigos escondidos nas lojas, que nos bloqueia o raciocínio.

 
 
Oi, tudo bem?  Num tarde de passeio com a minha amiga Gabriela pela Baixa de Lisboa, num "circuito" que é habito fazermos onde passamos as lojas de Fast-fashion a pente fino para ver as modas. Entramos num loja e a musica estava altíssima, parecia que estávamos na night e a minha amiga perguntou-me o porque da musica estar muito alta. raciocínio
Isto acontece em todas as lojas de fast-fashion, a musica altíssima para baralhar o raciocínio das pessoas, nem da para pensar. Para além disso as luzes ou estão altas de mais ou baixas de mais que não se consegue ver as roupas em condições. Os provadores são outra historia, sempre cheios e sujos, uma pessoa espera para poder experimentar a roupa. Os espelhos dos provadores não são dos melhores, para começar a luz também não ajuda muito. Não consegues ver bem se a roupa cai bem no teu corpo e se te fica bem. O ar condicionado muitas vezes está muito quente, pensem neste stress todo ao mesmo tempo, um pessoa só que sair da loja com a roupa. Quando se entra nas lojas a procura de uma peças tens que percorre a loja toda para encontrar a tal peça. A disposição das roupa nas lojas também não ajuda, não estão expostas por cor ou tipo de peça é uma confusão está tudo misturado.
Não conseguimos raciocinar e levamos tudo para casa estando bom ou não,  precisando ou não. Da próxima vez que entrarem numa loja e prestarem atenção podem identificar estes "perigos "que nos levam ao consumismo inconsciente.
Aqui no blog não se esta contra o consumo (ir as compras), só acho que se deve fazer de forma consciente e quando realmente é necessário.

Comentários

  1. Eu ja nem consigo ir as compras nas lojas físicas, fico-me pela net.
    Dá para pensar, ou deixar no carrinho por um dia para ver se queremos mesmo aquela peça.. e experimentar e nao gostar, mando de volta (sempre de modo a nao pagar portes).
    So de ir as compras ja volto cheia de dores de cabeça e de mãos a abanar.

    Sophie.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sophie eu estou sem comprar roupa desde dia 2 de Janeiro deste ano e só o vou fazer no próximo ano. Não compro na net porque gosto de saber e ver o que estou a comprar. Tanho que examinar a roupa todo antes de comprar e experimenta. Vou muito as lojas por fazer consultoria de imagem e ter que ir com as clientes e só. Obrigada pelo teu comentário, bjs

      Eliminar
  2. Estas estratégias de marketing são mesmo horríveis, entram-nos agressivamente no cérebro e muitas vezes até acabamos por perder a vontade de voltar àquelas lojas.
    Beijinhos!
    An Aesthetic Alien | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com toda a certeza, está na hora das pessoas mudarem isso e serem mais conscientes quando compram. Obrigada pelo teu comentário Ana, bjs

      Eliminar
  3. Olá!
    É verdade sim, detesto ir às compras por causa disso, e não é só em lojas de roupa, é em todas as lojas, exceto, talvez, algumas lojas de bebé/criança, até no super mercado temos que levar com as músicas (mas nestes pelo menos a temperatura está mais agradável). É como diz, é tudo feito para nos criar um estado de stress que nos leva a um consumismo absurdo, por isso é que, na maior parte das vezes em q vou a lojas, vou sozinha e com os head fones nos ouvidos, desligados, para abafar um pouco a música da loja.
    Quanto aos provadores, odeio, só vou a um provador quando a loja em questão fica fora de zona, se ficar perto experimento calmamente em casa, se for necessário volto à loja para tocar ou devolver :) dá trabalho as prefiro isso ao abafo horrível dos provadores hehehe
    Beijinhos
    Pat
    http://patsorangeblossom.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo teu cometário Patrícia. Esta na hora de mudar a mentalidade das pessoas e o consumo excessivo na sociedade em geral.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Dress code festas

Olá minhas queridas o post de hoje é sobre dress code. Espero que vos seja útil nalguma ocasião da vossa vida.

O que é um dress code?
 É um código de como vestir, um guia de como as pessoas se devem vestir em determinadas situações, adequando sempre ao seu estilo pessoal. É sempre importante saber a hora, local e quem vai estar presente no evento. Para que as cores, brilhos e sapatos estejam de acordo.

Casual Chic:
-O dress code casual chic pode ser confundido com um estilo pessoal. Caracteriza-se pela combinação de materiais nobres como a seda e caxemira em  contraste com a sarja, algodão e ganga. Pode-se combinar peças estruturadas com outras mais moles ou fluidas.

Para eles




Para elas 




Smart Casual/ Business Casual:
-Este dress code é o típico arranjadinho que nunca nos deixa ficar mal. O smart Jacket é a peça chave para o look como os blazer, casacos de tweed ou malha. A ganga não é permitida em ambos os sexos. Assim as calças e saias devem ter um ar mais clássico. A pele é permitida, …

Dica: Segunda pele.

Olá tudo bem por ai, já chove por aqui. Com o vento que estava hoje só podia dar nisto, chuva muita chuva. Pois bem, como o blog não vive só do desafio de passar um ano sem comprar, vim partilhar uma dica com vocês. Este natal fui para o norte perto de Viseu. Estava um frio de rachar que não se podia. Eu como não gosto muito de vestir camadas, muita roupa começa a fazer me impressão e não me consigo mexer.

O que diz a etiqueta da tua roupa? Poliester ou algodão ?

Olá tudo bem por ai? Aqui estou para mais um post hoje sobre um assunto que acho que a maioria das pessoas não dão muito atenção, que eu acho muito importante. Mais uma vez pergunto, costumam olhar para as etiquetas antes de comprar a vossa roupa? Isto porque o nosso dinheiro que custa a ganhar deve ser bem investido, quanto mais na roupa já não falando do consumismo desenfreado. Já devem ter visto um post sobre isso aqui no blog. Existem peças de roupa lindíssimas e caríssimas que podem ser feitas de poliéster e baratíssimas e de má qualidade. O mesmo acontece com o algodão em que o qua difere é a sua qualidade que é altíssima. Muitas vezes já vos devem ter acontecido a roupa estragar e não durar muito, virão a composição da etiqueta da roupa? Deixem de compara gato por lebre e a investir o vosso dinheiro em peças de roupa que valem a pena, sejam mais conscientes. Assim passo a explicar a diferença entre o poliéster e o algodão e as suas vantagens e desvantagens. O poliéster é comp…