Avançar para o conteúdo principal

Consumo excessivo

 
Olá boa terça para todos, está tudo bem por ai? Espero que sim. Esta semana vi alguns vídeos sobre o consumo excessivo e li alguns post sobre o mesmo assunto. Acho um assunto muito pertinente o do consumo, porque cada vez mais as pessoas são levadas a consumir mais e mais. Estou a falar em moda\roupa e afins.
As marcas cada vez mais nos influenciam a comprar desenfreadamente com coleções novas de dois em dois meses. Promoções nas lojas a toda a hora, companhas publicitarias que nos hipnotizam.As pessoas compram muita roupa muitas vezes que não lhes faz falta, porque a amiga tem e também têm que ter. Porque a Blogger ou o seu ícone favorito vestiu-se assim eu também tenho que fazer o mesmo. Ou simplesmente porque esta na moda é tendência. Como já disse varias vezes aqui no blog a moda é cíclica como toda as pessoas sabem, mas nem por isso o deixam de fazer. A cada coleção lá vão gastar todos os € que têm e não têm na carteira para ter a roupa do momento. Só estão a gastar para encher o guarda roupa com peças que nem vão usar, mas estão lá a ocupar espaço e que daqui a uns meses não vão usar mais. Porquê? Porque já não esta na moda.
Vou me sentir linda e maravilhosa se me vestir igual a fulana tal. Não vais sentir nada apenas vais gastar o € em roupa que até não te favorece, não é para o teu tipo de corpo, nem para o dela. Mas se ela usa porque é que eu não posso usar. Está errado. Pensa primeiro:
- Quantas vezes vais usar aquela roupa?
- Em que situações da tua vida a podes usar?
- É versátil? Podes combina-la com outras peças que tens no guarda roupa?
- Fica-te bem? Favorece o teu tipo de corpo ou isso não te interessa?
- Vais usa-la sempre ou poe-la de parte porque não é tendência ou porque ela, a fulana tal a deixou de vestir?
Faz estas perguntas a ti mesma, antes de comprar essa tal roupa que tua achas o máximo. Preferes continuar a ter o guarda roupa atafulhado de peças com etiqueta, ou que vestistes uma só vez. Pensa bem antes de fazer aquela compra, deves ter duas ou três parecidas ou iguais. Esse dinheiro pode-te fazer falta para alguma coisa mais importante. Comprar por comprar não te leva a nada, aprende a viver com o que tens e usa a imaginação.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dress code festas

Olá minhas queridas o post de hoje é sobre dress code. Espero que vos seja útil nalguma ocasião da vossa vida.

O que é um dress code?
 É um código de como vestir, um guia de como as pessoas se devem vestir em determinadas situações, adequando sempre ao seu estilo pessoal. É sempre importante saber a hora, local e quem vai estar presente no evento. Para que as cores, brilhos e sapatos estejam de acordo.

Casual Chic:
-O dress code casual chic pode ser confundido com um estilo pessoal. Caracteriza-se pela combinação de materiais nobres como a seda e caxemira em  contraste com a sarja, algodão e ganga. Pode-se combinar peças estruturadas com outras mais moles ou fluidas.

Para eles




Para elas 




Smart Casual/ Business Casual:
-Este dress code é o típico arranjadinho que nunca nos deixa ficar mal. O smart Jacket é a peça chave para o look como os blazer, casacos de tweed ou malha. A ganga não é permitida em ambos os sexos. Assim as calças e saias devem ter um ar mais clássico. A pele é permitida, …

Dica: Segunda pele.

Olá tudo bem por ai, já chove por aqui. Com o vento que estava hoje só podia dar nisto, chuva muita chuva. Pois bem, como o blog não vive só do desafio de passar um ano sem comprar, vim partilhar uma dica com vocês. Este natal fui para o norte perto de Viseu. Estava um frio de rachar que não se podia. Eu como não gosto muito de vestir camadas, muita roupa começa a fazer me impressão e não me consigo mexer.

O que diz a etiqueta da tua roupa? Poliester ou algodão ?

Olá tudo bem por ai? Aqui estou para mais um post hoje sobre um assunto que acho que a maioria das pessoas não dão muito atenção, que eu acho muito importante. Mais uma vez pergunto, costumam olhar para as etiquetas antes de comprar a vossa roupa? Isto porque o nosso dinheiro que custa a ganhar deve ser bem investido, quanto mais na roupa já não falando do consumismo desenfreado. Já devem ter visto um post sobre isso aqui no blog. Existem peças de roupa lindíssimas e caríssimas que podem ser feitas de poliéster e baratíssimas e de má qualidade. O mesmo acontece com o algodão em que o qua difere é a sua qualidade que é altíssima. Muitas vezes já vos devem ter acontecido a roupa estragar e não durar muito, virão a composição da etiqueta da roupa? Deixem de compara gato por lebre e a investir o vosso dinheiro em peças de roupa que valem a pena, sejam mais conscientes. Assim passo a explicar a diferença entre o poliéster e o algodão e as suas vantagens e desvantagens. O poliéster é comp…