fashion revolution weed

Vamos revolucionar isto...

abril 26, 2017


Oi, tudo bem por ai? Quando estava a escolher as fotos para postar só me lembrava da Mary Poppins. Acham normal, se calhar e da saia. Bem esta semana começou o Fashion Revolution Week. Sabem o que é ? O Fashion Revolution nasceu no dia 24 de Abril de 2013 quando morreram 1133 pessoas na India que trabalhavam em condições precárias, fabricando roupas.
Uma das formas de protesto que nasceu desta revolução é as pessoas postarem fotos das etiquetas das roupas e perguntar #WhoMadeMyClothes como Hashtag em legenda. Uma forma de pressionar as marcas a mostrarem as condições em que as pessoas que fazem as roupas trabalham. 
Pode não ser nada de especial mas se todas as pessoas postarem pode fazer alguma diferença. Sim porque nos sabemos que para que uma peças custe 25€ para nos, para a pessoas que a costurou pode custar 0,25 cêntimos. Ou ainda menos, sabe-se lá nas condições em que essa pessoa\as trabalham. Sim eu compro roupa em lojas de fast fashion, mas também em mercadinhos e lojas de segunda mão. Repito muitas vezes as peças e uso-as durante todo o ano, não compro uma peça todos ou mês, nem todas as semanas. Neste look de hoje apenas as meias e as sandálias são mais recentes, todas as outras peças são bem, bem antigas.
Para muita gente comprar roupa em lojas de segunda mão ou que já tenha sido usada é impensável. Para mim é mais uma maneira de não poluir o ambiente, não comprar em lojas de fast fashion, controlar o consumismo excessivo. Não comprar peças tendência e usar apenas uma estação, como todas as pessoas fazem. Não comprar a mesma peças em 5 ou 6 cores diferentes só porque nos fica bem.  Para além de se conseguir boas pechinchas e roupa com grande qualidade e em ótimo estado, como o caso da minha saia que comprei por 5€ na Outra Face da Lua.
Façam a vossa revolução por ai...








 
Saia::A Outra Face da Lua | Blusa::Não sei onde a comprei muito antiga | Blusão::Stradivarius | Cinto::Primark | Meias::Tezenis | Sandálias::Zara

You Might Also Like

0 comentários