Brainstorming

Nem sempre o que é diferente é mau, mas é sempre o mais verdadeiro.

março 07, 2017

 

Desculpem eu estar sempre a bater na mesma tecla e falar de ser diferente e do que é diferente e bla, bla, bla. Mas caramba não á como não falar, todos os dias só vejo é descriminação. Tenho lido varias opiniões sobre o miúdo que ganhou o festival da canção. É só criticar... por que é a barba, por que estava mal vestido, porque a roupa não estava adequada e por ai ... só barbaridades.
Fico possessa com estas coisas, sim sou defensora acérrima das pessoas que são genuínas, que são diferentes, que são verdadeiras, que não seguem estereótipos e não são copias de ninguém. Tenho muita pena que chegados ao ano 2017 as pessoas ainda continuam a ser criticadas  pela sua aparência, maneira de vestir, credo e cor.
Se se foge do padrão normal, o que é normal? Somos chamados de tudo, drogados, palhaços, estranhos, que não batemos bem da cabeças que não somos normais. Sim também me estou a incluir porque também já me chamaram alguns destes nomes.
Não existe nada mais verdadeiro do que ser nós mesmo, sem corantes nem conservante. Ter que ser igual aos outros e camuflar o que realmente somos e sentimos para ser aceite é muito triste e isso sim é assustador para mim. Quantas pessoas são obrigadas a ter dress code no trabalho, a esconder as suas tatuagens a não poder ter o cabelo azul, amarelo ou vermelho... porque não é adequado? Se podermos ser nós de certeza que somos mais felizes.
Nem sempre o que é diferente é mau, mas é sempre o mais verdadeiro.







Sweat :: Disney Store | Culotes :: Blanco | Bomber :: Stradivarius | Meias :: Pull&Bear | Ténis :: Zara | Relógio :: Fossil | Óculos :: Dior

You Might Also Like

2 comentários